Rugby de Calcinha

Brasil faz história no WSS na Etapa de Sidney

A Etapa de Sidney do WSS ficou para história do rugby feminino brasileiro. O primeiro dia não foi o esperado para nossas Iaras, mas o segundo dia não poderia ser melhor. Não só pela conquista da Taça Bronze, mas pelas vitórias sobre a Espanha e, principalmente, Inglaterra. Mostrando que o novo caminho traçado está na direção certa.
O primeiro dia não foi de grandes surpresas, já que as chamadas favoritas venceram, exceção feita pela Irlanda que surpreendeu ao vencer 2 jogos, um contra o Brasil.
Pelo Grupo C, a Inglaterra começou vencendo a Espanha, mas caiu frente aos Estados Unidos e Rússia, que fizeram um belo primeiro dia. A Rússia ficou com a primeira colocação do grupo, pois vencera aos Estados Unidos no segundo jogo do dia.
Pelo Grupo B, a Austrália, campeã Olímpica e vice-campeã da Etapa de Dubai, era a grande favorita a vencer a etapa, afinal jogava em casa. E começou arrasando, vencendo todos os jogos do grupo. A Irlanda surpreendeu, vencendo 2 jogos e só perdendo para as donas da casa. Apesar do placar não demonstrar, as brasileiras fizeram um belíssimo jogo contra as irlandesas. O try brasileiro feito pela Amandinha foi destacado pela World Rugby como um dos mais bonitos da etapa.

 Pelo Grupo A, que poderíamos considerar o grupo da morte, afinal duas equipes medalhistas olímpicas estavam nele, a Nova Zelândia, campeã da Etapa de Dubai, só teve uma pouco mais de trabalho contra a França. O jogo contra o Canadá foi complicado, apesar do placar não demostrar isto.

Resultados 1º Dia
Jogo 1 – Inglaterra 19 X 10 Espanha
Jogo 2 – Rússia 19 X 10 Estados Unidos
Jogo 3 – Fiji 12 X 19 Irlanda
Jogo 4 – Austrália 24 X 07 Brasil
Jogo 5 – Canadá 26 X 05 França
Jogo 6 – Nova Zelândia 34 X 05 Papua Nova Guiné
Jogo 7 – Inglaterra 12 X 22 Estados Unidos
Jogo 8 – Rússia 24 X 05 Espanha
Jogo 9 – Fiji 31 X 10 Brasil
Jogo 10 – Austrália 20 X 00 Irlanda
Jogo 11 – Canadá 39 X 05 Papua Nova Guiné
Jogo 12 – Nova Zelândia 14 X 12 França
Jogo 13 – Espanha 05 X 20 Estados Unidos
Jogo 14 – Rússia 31 X 05 Inglaterra
Jogo 15 – Irlanda 33 X 05 Brasil
Jogo 16 – Austrália 26 X 17 Fiji
Jogo 17 – França 31 X 00 Papua Nova Guiné
Jogo 18 – Nova Zelândia 31 X 10 Canadá

O segundo dia, pelas quartas de final da Taça Ouro, não houveram surpresas, com as favoritas vencendo seus jogos. Já para as brasileiras foi o dia para não se esquecer. Começamos vencendo a Espanha pela Taça Bronze, em um jogo de deixar os apaixonados pelo rugby com o coração na mão.
Já nos jogos da semifinal da Taça Ouro, as vitórias das americanas frente a nova zelandesas e das canadenses contra as australianas podem ser consideradas surpresas, tendo em vista o que as equipes apresentaram na etapa de Dubai e pela Austrália que jogava em casa.
Mas, o dia ainda iria trazer mais surpresas, e para as brasileiras não poderiam ser melhores, afinal enfrentaríamos as inglesas na disputa pela Taça Bronze, equipe que nunca vencemos. E nossas Iaras nos deixaram muito orgulhosos e com a certeza que estamos no caminho certo. Conquistamos a Taça Bronze com a vitória de 12 a 17.
Com a vitória de 31 a 12 frente a França, Fiji levou a Taça Prata. A Nova Zelândia venceu a Austrália por 19 X 00 e ficou em terceiro lugar na etapa e permaneceu na ponta do WSS. A grande final foi entre as americanas e canadenses e o jogo foi emocionante e muito disputado, com as canadenses levando a melhor no final, ao vencerem por 21 a 17.

Resultados 2º Dia
Jogo 19 – Nova Zelândia 24 X 05 França
Jogo 20 – Irlanda 05 X 17 Estados Unidos
Jogo 21 – Austrália 17 X 05 Fiji
Jogo 22 – Rússia 05 X 26 Canadá
Jogo 23 – Inglaterra 29 X 17 Papua Nova Guiné
Jogo 24 – Espanha 07 X 10 Brasil
Jogo 25 – França 21 X 19 Irlanda
Jogo 26 – Fiji 33 X 19 Rússia
Jogo 27 – Nova Zelândia 12 X 19 Estados Unidos
Jogo 28 – Papua Nova Guiné 17 X 31 Espanha
Jogo 29 – Austrália 07 X 12 Canadá
Jogo 30 – Inglaterra 12 X 17 Brasil
Jogo 31 – Irlanda 12 X 17 Rússia
Jogo 32 – França 12 X 31 Fiji
Jogo 33 – Nova Zelândia 19 X 00 Austrália
Jogo 34 – Estados Unidos 17 X 21 Canadá

Classificação após duas etapas:

Foto: @WorldRugby