Rugby de Calcinha

O que esperar da segunda rodada do 6Nations Feminino

Depois de uma primeira rodada surpreende, com direito a quebra de record de público. As 6 equipes europeias voltam a campo para mais uma rodada do Six Nations Feminino.

WomensLaunch-six2016-sixnations-rugby-femininoNo fim de semana de carnaval fomos premiados com muito rugby XV feminino, belas jogadas e uma grande festa das torcidas. Para se ter uma ideia o jogo entre França e Itália, além de ser transmitido em um canal de TV ( France 4) contou com o maior público em jogos femininos XV fora da copa do mundo, contando com cerca de 11 mil pessoas.

E neste fim de semana podemos esperar jogos ainda mais duros e decididos em detalhes e o jogo entre Irlanda e França, uma espécie de final antecipada, em que até o último segundo de jogo fica nada estará definido, será transmitido pelo canal de TV Irlandesa RTÉ depois de muitos protestos em relação ao “descaso” da emissora frente ao rugby feminino.

De uma coisa temos certeza, o Rugby Feminino ( seja ele XV ou 7’s) já não pode ser mais ignorado. E quando ouvimos que não há audiência para isto, respondemos “Se vocês mostram a mulheres no esporte, as pessoas irão assistir”.

Itália x Inglaterra – 13/02/16 às 12hs

Stadio Gino Pistoni,

Assista ao Jogo entre Itália e Inglaterra CLIQUE AQUI

O ciclo de vitórias da Itália foi encerrado ao sofrerem a derrota por 39-00 para a França no último dia 05/02/16 no Estádio Bourg-en-Bresse. No entanto, o histórico da Itália é positivo jogando em casa, a equipe venceu os dois últimos jogos que realizaram na Itália no Six Nations e nunca haviam vencido três jogos em sequência. Isto contribuiu para o crescimento da equipe e hoje acreditam que é possível vencer e/ou jogar de igual para igual contra a Inglaterra. Além disso, com estes resultados a equipe Italiana terminou a última edição do 6Nations a frente da Inglaterra. No entanto, a Itália sempre enfrentou dificuldades diante da Inglaterra, mas poderiam quebrar esta barreira no jogo de hoje.

Contra a França, as italianas não fizeram um bom jogo. A equipe francesa não deu chances para a Itália repetir a vitória da última rodada do 6Nations de 2015. No entanto, o técnico Italiano Andrea Di Giandomenico não fez muitas mudanças no time que enfrentará a Inglaterra e são elas: Forwards Lucia Cammarano e Elisa Pillotti entram para o time, juntamente com a experiente  Maria Grazia Cioffi como centro.

“Sofremos bastante contra a França e precisamos melhorar. Nós temos que ser mais agressivos na defesa e administrar melhor a posse de bola. Sabemos que a England é um time muito forte e com jogadoras velozes. Nós temos apresentar um jogo de alta qualidade para vencê-las e impor nosso ritmo de jogo.”

Essas duas equipes já se enfrentaram 15 vezes e a Inglaterra venceu todas as partidas. Além disso, a Itália não marcou mais que 13 pontos e o melhor resultado foi no jogo da copa do mundo de 1991 em que o resultado foi de 25-9. No entanto, jogando em casa a Itália pode oferecer resistência para a Inglaterra.

A Inglaterra por sua vez, se encontra em uma posição mais favorável depois de vencer a Escócia por 32 -00 no último fim de semana. Mesmo a equipe não tendo vencido sucessivos jogos no torneio desde 2014,  o técnico Scott Bemand não fez mudanças no time e conta com a consistência apresentada pela equipe no jogo contra a Escócia. A jovem Poppy Leitch de 18 anos poderá fazer sua estréia em jogos internacionais na reserva.

Itália: 1 Elisa Cucchiella (Belve Neroverdi, 53 Caps); 2 Lucia Cammarano (Rugby Monza 1949, 9 Cap); 3 Melissa Bettoni (Rennes, Francia, 25 Caps); 4 Elisa Pillotti (Rugby Parabiago, 1 Cap); 5 Alice Trevisan (Rugby Riviera Del Brenta, 30 Caps); 6 Ilaria Arrighetti (Rennes, Francia, 17 Caps); 7 Isabella Locatelli (Rugby Monza 1949, 2 Cap); 8 Elisa Giordano (Valsugana Rugby Padova, 12 Caps); 9 Sara Barattin (Rugby Casale, 63 Caps) 10 Veronica Schiavon (Rugby Riviera Del Brenta, 76 Caps); 11 Sofia Stefan (Rennes, Francia, 23 Caps); 12 Beatrice Rigoni (Valsugana Rugby Padova, 12 Caps); 13 Maria Grazia Cioffi (Us Rugby Benevento, 38 Caps); 14 Michela Sillari (Rugby Colorno, 26 Caps); 15 Manuela Furlan (Benetton Rugby Treviso, 47 Caps)

Reservas: 16 Lucia Gai (Rugby Riviera Del Brenta, 38 Caps); 17 Gaia Giacomoli (Rugby Colorno, 1 Cap); 18 Diletta Nicoletti (Rugby Bologna 1928, 0 Cap); 19 Valentina Ruzza (Valsugana Rugby Padova, 9 Caps); 20 Michela Este (Benetton Rugby Treviso, 45 Caps; 21 Silvia Folli (Valsugana Rugby Padova, 0 Caps); 22 Paola Zangirolami (Valsugana Rugby Padova, 63 Caps); 23 Maria Magatti (Rugby Monza 1949, 11 Cap);

Inglaterra: Katie Mason (Bristol); Ruth Laybourn (Darlington Mowden Park), Lauren Cattell (Saracens), Ceri Large (Worcester), Lotte Clapp (Saracens); Amber Reed (Bristol), La Toya Mason (Darlington Mowden Park); Rochelle Clark (Worcester), Amy Cokayne (Lichfield), Vickii Cornborough (Richmond), Abbie Scott (Darlington Mowden Park), Emily Braund (Lichfield), Harriet Millar-Mills (Lichfield), Izzy Noel-Smith (Bristol), Sarah Hunter (Bristol).
Reservas: Emma Croker (Richmond), Heather Kerr (Darlington Mowden Park), Bee Dawson (Wasps), Poppy Leitch (Bristol), Poppy Cleall (Saracens), Bianca Blackburn (Worcester), Leanne Riley (Richmond), Lydia Thompson (Worcester).

FRANÇA x IRLANDA 13/03/16às 18hs

Clique aqui para verificar as opções de link

Irlanda não perdeu seus últimos quatro jogos no 6Nations, mas se avaliarmos o histórico deste encontro, a grande favorita é a equipe francesa. As duas equipes já jogaram 23 vezes e a Irlanda obteve apenas duas vitórias e as duas em casa em Ashbourne, em 2009 e 2013 pelo 6Nations.

É inegável que a equipe francesa é campeã de audiência e atraiu uma grande torcida no jogo contra a Itália na semana passada. Assim, a Irlanda pode contar com um grande e alto coro da torcida a favor da França.

França jogou incrívelmente bem semana passada, não deu espaço para as italianas e a Irlanda terá que mostrar seu melhor hoje. Com um gostinho de final, este jogo será definido em detalhes, uma vez que será o encontro de duas equipes forte.

A Irlanda mostrou um bom jogo contra o País de Gales com um ruck feroz e rápida abertura de bola.

A França joga sem Coumba Diallo, devido a uma lesão quase no final do jogo. No entento, sua substituta Letitia Grand é bem experiente e fará um bom trabalho pela equipe francesa, que se concentrou bastante em exercícios de defesa, mas buscará por espaços na defesa irlandesa.

A equipe irlandesa viaja confiante depois do bom desempenho das jogadoras Sene Naoupu e Nikki Caughey  e conta apenas como uma mudança a jogadora Cliodhna Moloney começa como hooker.

Com toda certeza, esse jogo será um grande clássico.

França: Billes, Boujard, Godiveau, Poublan, Delas, Abadie, Rivoalen, N’Diaye, Rayssac, Grand, Forlani, Ferer, Duval, Mignot (cap), Arricastre.

Reservas: Sochat, Ait Lahbib, Menager, Annery, Sansus, Imart, Bertrand, Carricaburu

Irlanda: 15. Niamh Briggs (Captain), 14. Elise O’Byrne-White, 13. Aine Donnelly, 12. Sene Naoupu, 11. Mairead Coyne, 10. Nikki Caughey, 9. Larissa Muldoon, 1. Ailis Egan, 2. Cliodhna Moloney 3. Ruth O’Reilly, 4. Sophie Spence, 5. Marie-Louise Reilly, 6. Paula Fitzpatrick, 7. Claire Molloy, 8. Heather O’Brien
Reservas: 16. Zoe Grattage, 17. Lindsay Peat,18. Fiona Reidy, 19. Ciara Cooney, 20. Ciara Griffin, 21. Mary Healy, 22. Nora Stapleton, 23. Jackie Shiels