Rugby de Calcinha

No rugby pode ser alta, baixa, magra, gordinha e pode ser novata!

Este ano o calendário estará apertado, as meninas que participam do Super Sevens que o digam, pois conciliar o campeonato nacional com os estaduais e ainda as ligas de desenvolvimento (regionais) tem sido uma verdadeira maratona para nossa rugbiers.

Mais do que nunca os times precisam de reforço para poder dar conta de cumprir o calendário, pois dar conta do calendário com uma equipe “enxuta” é praticamente impossível e exige muito sacrifício das meninas. A agenda tão sonhada da elite, conquistada com tanto esforço requer muito trabalho esportivo e investimento para que seja cumprida. Cada vez mais vemos os times em campanha chamando novatas para os treinos. Em 2014 vimos alguns  rostos novos em campo e esperamos que em 2015 com a proximidade dos jogos olímpicos e todas a oportunidades que isto acarreta, aumente ainda mais o quadro das novatas.

De norte a sul estão todos se preparando para iniciar 2015 com o pé direito, e quanto maior o número de jogadoras treinando, maior a chance de desenvolvimento dos clubes, por isso as novatas tem papel importante no planejamento.

Se você tem interesse em ingressar em uma equipe, saiba tem um lugar pra você em qualquer clube de rugby, até mesmo as equipes do Super Sevens (Charrua, Niterói, SPAC, Desterro, São José, BH Rugby, Curitiba Rugby, Bandeirantes Rugby) ficam muito felizes em receber meninas novas para seu plantel. Veja no site da Confederação e veja em ONDE JOGAR que mostra os times de rugby de todas as regiões do Brasil http://www.sharklion.com/proyectos/cbru/main/default.php

Apesar de serem bem recebidas, notamos que muitas novatas desistem por acharem muito difícil, por medo de não se enquadrarem e não conseguirem acompanhar a equipe. Algumas só de olharem acham que não conseguem acompanhar, mas isso é lenda, lógico que não da pra acompanhar o time principal logo de cara e isso não é só no rugby, ninguém nasceu sabendo, por isso você que é novata no rugby tem nosso respeito e com certeza de todos da família rugby.

Após enfrentar todos os fantasmas e superar o primeiro treino é hora de entrar no pique, se este é seu caso veja aqui as dicas indispensáveis para que você arrase fora de campo. Inicie a temporada confiante e se sinta em casa junto as veteranas (mesmo as mais rabugentas) rsrs.

1- Preparação física > não dá para acompanhar o pique das veteranas se você não consegue nem correr um treino inteiro. Cuide da parte aeróbica e muscular, pois se você sofrer muito fisicamente não vai conseguir absorver as informações técnicas durante o treino. Pra quem nunca treinou rugby o primeiro treino é meio traumático até para as mais em forma (você vais sentir músculos que nem sabia que tinha), porém é muito divertido e vale a pena insistir . Lembre-se que o rugby que as meninas jogam no Brasil é o seven (pelo menos por enquanto) e  requer velocidade aliada a força e resistência. Se você está acima do peso sem problema, desde que esteja disposta a melhorar a forma física, além do que a diversão é garantida e quando você menos esperar já estará em forma, ainda mais se o bichinho do rugby te pegar aí sim é garantido!

correndo

Dica master: procure o preparador físico do time e siga a risca as orientações, com certeza ele te dará boas dicas e um programa de treinamento além de orientá-la que  faça um exame médico.

2- Veja a quantas anda sua saúde: faça um check-up pois o atestado médico é um documento necessário para que você entre no time e participe dos jogos quando estiver preparada.

Dica: não deixe o exame médico pra última hora, já inicie o ano com o exame em mãos para evitar correria com uma possível convocação para um jogo.

3- Estude as regras: Ir para o treino sabendo as regras básicas já é um grande adianto; geralmente as veteranas tem muita paciência em ensiná-las mas se você já estudou alguma coisa e assistiu a jogos isso da um bom adianto em sua evolução

Dica master: procure uma mentora no time para ajuda-la com a questão técnica, isso a ajudará muito a cumprir uma exigência da Confederação Brasileira de Rugby que pede que todos os jogadores e jogadoras concluam os certificados do Word Rugby (IRB) que são dois o IRB LAWS e IRB READY, o ready é tranquilo porém o laws requer um pouco mais de estudo e apesar de muita gente achar chato é bem necessário e útil, pois com os certificados você pode saber a quantas andam seu conhecimento sobre o rugby, e não se preocupe se você achar muito complicado pois com o passar do tempo a tendência é você achar cada vez mais fácil, pois é exigido todo ano e todos tem que fazer até mesmos os veteranos (e acredite você vai ser veterana). “Faz parte” 🙂

 

Bom meninas se você realmente quer ser uma jogadora de rugby, se já pertence a um um clube as três providencias “primárias são estas” que citamos a cima: 1– Se colocar em forma, 2-Apresentar o atestado médico e 3– Cumprir os certificados do IRB veja aqui os links:  ready :http://www.irbrugbyready.com/index.php?&language=ptbr e para o  laws : http://laws.worldrugby.org/

laws diploma em branco (2)ready

No mais é só alegria, temos certeza que serão bem vindas em qualquer clube de rugby que ingressarem, seja ele pequeno ou grande, pois tem uma coisa que não muda, que é o espírito do rugby e com certeza vocês vão conhecer uma nova família e terão a chance de crescer muito no esporte e também na vida pessoal. Nosso esporte não é melhor nem pior que nenhum outro, mas tem uma coisa que vocês só vão descobrir depois que entrarem e sentirem o que realmente é o espírito do rugby, mas isso depois vocês nos contam.

Quer saber se tem um clube perto de você? Veja no site oficial da Confederação Brasileira de Rugby http://www.sharklion.com/proyectos/cbru/main/content.php?page=5

Com certeza você será muito bem recebida e se você já está treinando seja muito bem vinda ao Rugby de Calcinha!