Rugby de Calcinha

Saiba o passo a passo para conquistar a sonhada Bolsa-Atleta

bolsa atleta lc

Por Leca Jentzsch

Desde 2005 o Ministério do Esporte mantém o patrocínio individual de atletas. O programa busca proporcionar melhores condições de treinamento para atletas de alto rendimento por meio de bolsas que variam de R$ 370,00 a R$ 3.100,00, conforme a categoria.

A prioridade é para atletas de esportes que compõem os programas dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paraolímpicos. Em seguida, o benefício se destina a atletas de modalidades chamadas não-olímpicas (que fazem parte dos Jogos Pan-Americanos e outras que não fazem parte dessas competições).

O rugby já teve a categoria de XV incluída no programa de bolsas (categoria não-olímpica), tendo atletas do Desterro/SC e também atletas da seleção nacional como os primeiros bolsista.

Com a inclusão da modalidade seven-a-side nos jogos olímpicos, e a partir do primeiro campeonato nacional realizado em 2009, as bolsas foram direcionadas para esta categoria (por decisão do Ministério do Esporte).

Em 2012, houve times que participaram da Copa Cultura Inglesa de Verão (nosso campeonato nacional de rugby seven’s juvenil), que ficaram de fora do benefício por equívocos de comunicação e responsabilidades.

Pensando nisto listamos abaixo as maiores dúvidas por parte dos atletas (principalmente os juvenis) com suas devidas respostas a partir de pesquisa no site do programa.

As categorias contempladas são: base, estudantil, nacional, internacional, olímpico-paraolímpico (confira aqui os  valores referentes a cada categoria).

Quem tem direito? Atletas e para-atletas de alto rendimento que obtenham  bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. Veja aqui os pré-requisitos.

Requisição é certeza de recebimento? NÃO, a inscrição e requisição da mesma não implica que o atleta esteja assegurado do recebimento, pode acontecer de em um mesmo time haver atletas não contemplados, depende da disponibilidade de bolsas, sendo o atleta contemplado eleito através do Ministério do Esporte, não tendo as Confederações, Federações e Clubes nenhuma interferência neste quesito (algumas vezes usa se o critério de ordem alfabética)

Como é feito o pagamento das bolsas? Doze parcelas depositadas diretamente em conta específica do atleta na Caixa Econômica Federal, sem nenhuma vinculação com as Confederações.

Para que o dinheiro deve ser utilizado? Para que o atleta consiga investir em si, melhorando assim seus resultados independentemente de sua condição econômica e sem necessidade de intermediários. Basta que cumpra os requisitos, mantenha-se treinando e competindo e alcance bons resultados nas competições qualificatórias indicadas pelas respectivas confederações. A principal prestação de contas do atleta ao governo e à sociedade é a obtenção de resultados expressivos nas disputas.

moeda rugby

Existe uma prestação de contas? SIM, veja no link.

Um atleta pode ter mais de uma bolsa ou benefício? Desde 2012, com a Lei 12.395/11, é permitido que o candidato tenha outros patrocínios, o que permite que atletas consagrados possam ter a bolsa e, assim, contar com mais uma fonte de recurso para suas atividades.

Quem é responsável pela inscrição e requisição das bolsas? O ATLETA, tanto a inscrição quanto o acompanhamento da mesma são de responsabilidade da cada atleta.

Se você acha que cumpre os requisitos este é o link para inscrição: http://portal.esporte.gov.br/snear/bolsaAtleta/inscricoes.jsp

Dúvidas quanto ao prazo de inscrição (e outras): enviem e-mail diretamente para o Ministerio do Esporte no e-mail >>> duvidasbolsa@esporte.gov.br

Boa sorte!