Rugby de Calcinha

Um ano de matilha! Esta é a história das Lobas de Guarapuava, mas poderia ser a sua.

Esta é a história de um time de sonhadoras do Paraná, mas sabemos que se assemelha a muitas histórias de tantos outros times que são considerados como “minorias”, mas que representam um rugby de primeira pelos campos do nosso Brasil!

Faça como as Lobas e mande sua história de superação pra gente.

248003_532098450182280_1119460284_n

Ano passado postamos aqui a campanha e o empenho das Lobas de Guarapuava/PR para montar um time e continuar a história do do Lobo Bravo feminino que tinha sido interrompida com o fim do time em 2009 por falta de atletas.

Reveja o clipe da campanha das Lobas: http://vimeo.com/60901614  e pra quem se animar os horários dos treinos são:  segundas, quartas e sextas às 22h30min  e domingos as 15h30min,no campo municipal.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Conheça nos detalhes a história das “novas” Lobas.

Após incentivo de uma jogadora do Curitiba Rugby (Haline), Daina Felchak ousou sonhar  recomeçar um time  de rugby em Guarapuava, e compartilhando a ideia com outras meninas resolveram assim iniciar uma campanha para o retorno das Lobas. As novas atletas foram escolhidas a dedo, pois o rugby não é um sonho para qualquer uma, tem que querer muito, ter muito comprometimento para supercar os sacrifícios ixigidos duerante os treinos e jogos que objetivavam em participar. Após composta uma base com 12 atletas, procuraram o clube da cidade, o Lobo Bravo rugby, que de imediato aceitou e disponibilizou materiais e um treinador para a equipe. A vitima (rs) foi Waldir Recanello que aceitou o desafio de ser  treinador sem pensar duas vezes.

E assim os treinos iniciaram exatamente no dia 23 de Janeiro de 2013, no mesmo dia em que nasceu o filho do treinador, (o pequeno Lúcio). Das doze componentes do time apenas uma já tinha jogado rugby (Ana Carolina), todas as outras tiveram que partir do zero.

Com muito esforço conseguiram participar de algumas etapas do Campeonato Paranaense. E não fizeram feio, se apresentaram sempre com muita garra e determinaçao o que lhes rendeu belos trys e uma quarta colocação e jogadora de destaque na terceira etapa.

Tauna Oliveira, atleta destaque dos Jogos Abertos do Paraná 2013

Tauna Oliveira, atleta destaque dos Jogos Abertos do Paraná 2013

Outro feito do Lobo Bravo foi a 3ª colocação nos Jogos Abertos do Paraná (que teve Toledo Rugby em 1º   e Cascavel Rugby em 2º ). A loba Tauana Oliveira foi escolhida como atleta destaque e indicação para concorrer ao Prêmio Orgulho Paranaense. Hoje o time conta com o apoio da rede Tvplay que divulga a equipe em todos os pontos comerciais da cidade, Felchak Produções, Farmácias Trajano (que sede medicamentos para equipe), academia Cia do Corpo que deixa as atletas em forma, Studio Yanagawa , Guara Invest e Prefeitura Municipal de Guarapuava

Lobo Bravo - 3º  colocado nos Jogos Abertos do Paraná

Lobo Bravo – 3º colocado nos Jogos Abertos do Paraná

Desejamos muita sorte para as Lobas em 2014 e também para todos os pequenos times brasileiros que lutam com unhas e dentes para manterem seu sonho (ou sua loucura) de se tornarem grandes e reconhecidos nos campos de rugby do Brasil.

Quer ter sua história reconhecida?

Faça como as Lobas em mande sua história para gente.

Envie para contato@rugbydecalcinha.com.br