• Home  / 
  • Notícias
  •  /  Análise dos jogos do primeiro dia – Rio 7s 2013

Análise dos jogos do primeiro dia – Rio 7s 2013

Abre Rio Seven's 2013

Por Teresa Raquel Bastos

Mais um sul-americano de rugby sob o sol escaldante do Rio de Janeiro. Dentro de campo, uma garra sem igual, muito suor e muito tries!

Como nosso foco é o feminino, vamos aos resultados do dia.

Brasil x Peru - Rio 7s 2013

O primeiro jogo, Brasil e Peru, garantiu o placar mais elástico de hoje: 55×0. O Peru vem com um time muito lento, com diversos erros técnicos e, às vezes, meninas perdidas dentro de campo. Uma prova disso foi o segundo maior diferença de placar foi 52×0, dessa vez levando tries da Argentina. Com essa partida, as tupis mostraram a que vieram, mas ainda não era o bastante.

Outro time azarento da vez é o Paraguai. Pior que o Peru, terminou o dia sem UM try marcado, perdendo os jogos de lavada. Mesmo caindo na chave mais “fácil”, que incluia Colômbia, Uruguai e Venezuela, não conseguiram efetuar boas jogadas, com muitos erros de passe e tackles altos.

Try da Edninha

Na chave do Brasil, a Argentina faz frente desde o primeiro jogo. Conseguiu fazer dois tries (sendo um penal) e uma conversão. Mas, mais uma vez, as amazonas passam por cima com tries de Edna, Taís (marcando duas vezes) e Baby. Aliás, a Tatá está fazendo um excelente campeonato, pois tem uma visão de jogo incrível e sempre consegue penetrar na defesa de forma rápida, especialmente saindo pela lateral do campo.

Outro destaque da Seleção é a Edninha, que é pequena, mas não se intimida nos rucks e entra com tudo. Além do embate físico, tem tido a agilidade de tirar a bola fácil e dar continuidade ao jogo, seja efetuando jogadas ou mesmo pegando a responsabilidade do try. Vai longe!

Ainda que as Pumitas estejam com um pé na final (pela tradição e qualidade de jogo – que garantiu o segundo lugar do grupo hoje), as Uruguaias vieram com uma garra para buscarem uma melhor colocação. Jogadoras rápidas têm garantido arrancadas ao ingoal que ninguém segura. Outro ponto forte é o passe bonitinho, com poucos erros, que garantem uma melhor fluidez da partida.

Para a Taça Bronze, aposto no jogo da Colômbia, que consegue ser ofensivo, forte e rápido, com três jogadoras velozes. Elas se perdem ao limpar o ruck, mas quando tiram a bola, penetram bem a defesa e marcam. Elas empataram com a Venezuela, que disputará semi-final da Taça Ouro com o Brasil amanhã, porém perdeu do Uruguai por 15×0.

Chile x Brasil RIo 7s 2013

Por último, o jogo brasileiro contra as Chilenas foi puxado, ainda que as brasileiras tenham ganhado por 24 x 0. No fim do primeiro tempo, as adversárias estavam no campo das brasileiras com um embate corporal intenso, muitos tackles e rucks para limpar. Quem estava mandando ver era a Xoxa, que não perdoava e caia matando. Com um segundo tempo mais tranquilo, conseguiram efetuar pontuações e venceram mais uma.

Se  o Brasil não falhar diante das equipes visivelmente inferiores, a vaga sul-americana do Mundial de Seven’s 2013 é nossa!

Melhor tupi do dia: Taís Bernal
Aposta para disputa da final com o Brasil: Uruguai

Resultados dos jogos:

Brasil 55 x 0 Peru
Colômbia 22 x 0 Paraguai
Argentina 19 x 12 Chile
Uruguai 19 x 5 Venezuela
Brasil 24 x 12 Argentina
Colômbia 10 x 10 Venezuela
Chile 38 x 10 Perú
Uruguai 30 x 0 Paraguai
Brasil 24 x 0 Chile
Colômbia 0 x 15 Uruguai
Argentina 52 x 0 Perú
Venezuela 29 x 0 Paraguai

Classificação – Primeiro dia
Grupo A:
Brasil – 9 pontos
Argentina – 7 pontos
Chile – 5 pontos
Peru – 3 pontos

Grupo B
Uruguai – 9 pontos
Venezuela – 6 pontos*
Colômbia – 6 pontos*
Paraguai – 3 pontos

*Venezuela e Colômbia empataram 10 x 10 e o critério de desempate foi o número de tries

Jogos de amanhã (confirmados):

Chile x Paraguai
Colômbia x Peru
Brasil x Venezuela
Uruguai x Argentina

Fotos: Betho Alves e Teresa Raquel Bastos

Acompanhe o segundo dia de Rio 7’s com o Rugby de Calcinha! Siga nossas redes sociais e confira em tempo real as fotos, resultados e muito mais!

Facebook / Twitter / Instagram