Rugby de Calcinha

Equipe Rugby de Calcinha

Conheça as calcinhas do nosso varal

Anna Joana
Educadora física, ex-jogadora e ex-treinadora

Uma das fundadoras do Rugby de Calcinha, foi dela que partiu a ideia do nome e de criar o primeiro site voltado para rugby feminino do país. Conheceu o esporte em 2007 por meio de amigos e devido sempre ter sido uma atleta nata e dedicada, de primeira levou jeito para dar passes precisos, tacklear bem e principalmente correr muito rápido ao ponto de fazer as adversárias comerem poeira. Estuda educação física, o que logo fez despertar seu interesse em virar técnica, quando pode colocar em prática o que aprendeu na universidade, aliando ao que gosta e colocando na sua bagagem de vida muitas amizades e também experiências. Essa baixinha vai longe!

Bárbara Madureira
Jogadora do Brasília Rugby Clube

Em pouco tempo de rugby, Bárbara já conseguiu captar o espírito o suficiente para entender o que o esporte proporciona. Praticante desde outubro de 2011, já entendeu que no time tem “irmãs de suor”, uma segunda família, e que fraturas não são motivos de abandonar suas companheiras. Mesmo lesionada, continuou tocando os projetos do Brasília Rugby. E agora, com essa bagagem que a cada dia vai ficando mais cheia, ela escreve no Rugby de Calcinha. Ela estuda direito e quer ser policial no futuro. Os bandidos que se cuidem, pois se dependerem dos tackles da garota para sobreviverem, estão encrencados.

carla-rugby-de-calcinhaCarla Stechini
Ex-jogadora do Raça Rugby

De Ribeirão Preto, em SP, a Carla é uma das jornalistas que compõem a nova equipe RdC. Formada em Comunicação Social e atualmente cursando Audiovisual, sem dúvidas vai aliar conteúdo, recursos visuais e muito rugby ao nosso site. Atualmente não joga, mas disse não aguentar mais não tacklear, cair, sujar-se de lama e toda a parte boa de lidar com a bola oval. Sem dúvidas veio para somar e deixar este espaço ainda mais completo.

Ana Carolina – Diva
Jogadora do Urutau Rugby e mãezona do Davi

A Diva, como a Ana é conhecida, completará em 2013 quinze anos do seu primeiro contato com o rugby. Começou pentelhando o irmão que jogava no juvenil, indo acompanhar treinos, jogos e até terceiros tempos. Tentou criar um time feminino para jogar em Curitiba, mas não deu certo porque o campo onde tentavam treinar era perigosamente disputado por times de futebol da região. Mas em 2005, o acaso cruzou a vida dela e a trouxe volta para o esporte: no meio de uma feira, encontrou um veterano do masculino e avisou que havia sido montado um time feminino no clube. No mesmo dia foi treinar e finalmente se entregar ao esporte! Durante esse tempo todo de dedicação ao rugby, fez muitos amigos, participou de diversos campeonatos (inclusive da luta de mulheres no gel do Lions 2010), jogou pela Seleção Brasileira e posou para o clássico calendário sensual das Tupis, em 2010. Mas agora ela tem uma ligação mais forte com a bola oval: é mãe do futuro primeira linha da Seleção, o Davi, que é seu grande companheiro de campo. Lindão! E agora eles integram a equipe Rugby de Calcinha!

Renata Barros
Jogadora do Recife Rugby Club

No mundo do rugby desde 2008 e no Rugby de Calcinha desde 2010, Renatinha é super esforçada para fazer o seu esporte amado crescer. Quando criança, nunca foi de participar de campeonatos, nem mesmo os escolares, mas abraçou fortemente a causa rugbier, sendo a capitã das Brubas, como são conhecidas as jogadoras do Recife Rugby. Fez grandes amigos, viajou com sua equipe e conquistou diversos campeonatos, tornando seu time o principal da modalidade feminina do nordeste. Entende de tudo um pouco, mas é a especialista em como deixar nosso site melhor para nossos leitores. Podem esperar dela muitas coisas boas por aqui!

wanda-rugby-de-calcinhaLeca Jentzsch
Ex-jogadora do Curitiba Rugby

O rugby entrou na vida da Wanda de forma inusitada: ao passar em um concurso público na sua área de educadora física, precisaria apresentar uma atividade coletiva para a banca analisadora. Queria algo novo que puxasse a atenção dos julgadores e um amigo a apresentou para a bola oval. O primeiro treino foi restrito a anotações, mas no outro dia começou a praticar e só parou ao engravidar em 2008. Depois do nascimento, não conseguiu retomar o corpo apto para a prática, mas nunca se desligou do rugby: é supervisora do VOR (Vivendo o Rugby) e agora escreve para o Rugby de Calcinha. É casada com um veterano do rugby e um dos seus três filhos joga atualmente.

CUECAS

rezaogomesRenato Gomes
Jogador do Pirituba Rugby e criador do Sindicato dos Forwards

Renato Gomes (o Rezão) é paulistano, formado em direito. Há mais de um ano jogando pelo Pirituba Rugby Clube como segunda Linha, fundou e administra a fan page do Sindicato dos Forwards, onde tenta passar com bom humor as vantagens e desvantagens de ser um homem do scrum. Está organizando o Old School Rugby Club, que tem como objetivo reunir amigos em um único time pra disputar amistosos e torneios não-oficiais. Dentro e fora do campo, usa o rugby para juntar e fazer amigos, colocar em dia a saúde mesmo saindo de campo sentido dores em órgãos que nem sabia que existia. Aceitou o convite de se tornar colunista do RdC para cumprir a missão de trazer um pouco do campo másculo para o Varal.

Guto SenraGuto Senra
Colaborador do Rugby Mania, integrante do Ogrostronomia e ex-jogador do Guanabara Rugby

Quem olha para o visual ogro-viking do Guto vê uma cara de mal. Mas por trás de sua barba e cabelos grandes, existe um rugbier muito gente boa. Envolvido em diversas “causas” do esporte, ele escreve para o Rugby Mania, gerencia o Twitter do Rugby Fluminense e agora pendura sua cueca no nosso Varal. Veio para trazer humor a temas do universo masculino, especialmente quando se trata dos pilares. Além do rugby, é publicitário, “ogro” do projeto gastronômico Ogrostronomia e marido da Teresa Garcia (que não é a do nosso site, tá?). Aguardem muitos posts legais desse cara!